08:02 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1241
    Nos siga no

    O jornal oficial do país africano Togo, République Togolaise, avaliou as vantagens da Rússia no continente africano, destacando que o país usa poder brando para consolidar seu regresso à África.

    A Rússia possui todas as chances de obter influência predominante no continente africano, segundo a mídia local République Togolaise.

    "Moscou tem várias vantagens: ausência de passado colonial, um apoio prestado no passado aos movimentos africanos de libertação e a formação de numerosos quadros nas universidades soviéticas", de acordo com a mídia.

    A Rússia, como também a China, respeita a soberania das nações. Além disso, a Rússia apoia o conceito de mundo multipolar, escreveu mídia.

    A Rússia também tem ambições econômicas no continente africano, no âmbito de diferentes mercados importantes.

    "Matérias-primas, cereais, equipamento militar e de segurança, aviação civil, telecomunicação, infraestruturas. Os mercados são potencialmente muito importantes."

    Ao contrário das intenções da União Soviética, atualmente as ambições da Rússia não têm mais um carácter ideológico e o país usa poder brando para consolidar seu regresso à África.

    "Hoje, a ambição da Rússia já não é mais ideológica como na época da URSS, mas alargar sua esfera de influência diplomática e econômica", de acordo com République Togolaise.

    O ministro das Relações Exteriores da República Togolesa, Robert Dussey, está na Rússia desde segunda-feira (15), realizando uma visita oficial.

    Na terça-feira (16), o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, recebe seu homólogo Dussey na cidade de São Petersburgo, Rússia.

    Os chanceleres discutirão o aumento da cooperação bilateral, as questões de segurança na África e a luta contra a pandemia do coronavírus.

    Mais:

    Chade diz que enviará 1.200 soldados para zona de fronteira com Mali, Níger e Burkina Faso
    Guiné registra primeiras mortes por ebola desde 2016
    Empresário alega que animais 'são abundantes' na África devido à pandemia e estimula a caça
    Oposição síria deve libertar territórios de grupos terroristas, diz representante oficial russo
    Tags:
    URSS, Sergei Lavrov, Ministério das Relações Exteriores do Irã, relações exteriores, África, Togo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar