06:04 21 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3141
    Nos siga no

    O grupo terrorista Daesh (organização proibida na Rússia e vários outros países) representa uma ameaça e pode se expandir para o sul da África, disse o embaixador russo na ONU, Vasily Nebenzya. 

    Em uma reunião do Conselho de Segurança realizada nesta quarta-feira (10), o diplomata alertou para o fortalecimento do grupo terrorista na região

    "A ameaça do Daesh está ganhando força no Saara e Sahel e em áreas de Mali, Burkina Faso e Níger. As entidades do Daesh no Saara estão tentando criar um califado islâmico", afirmou Nebenzia. 

    O embaixador russo explicou que, "como os combatentes estão ganhando terreno na África central, existe a possibilidade de que se estendam aos Estados do Sul". 

    Nebenzia ressaltou a situação de dificuldade que Moçambique passa atualmente, onde grupos armados ligados ao Daesh têm ameaçado campos de gás no país, com objetivo de conseguirem uma fonte de renda. 

    O subsecretário do Escritório de Contraterrorismo da ONU, Vladimir Voronkov, por sua vez, também alertou para as crescentes ameaças do Daesh no continente africano. 

    Mais:

    Força Aérea Real publica VÍDEO de militantes do Daesh sendo abatidos por bombas guiadas a laser
    Mais de 10 soldados sírios morrem em atentado do Daesh no centro do país
    Tropas dos EUA estão combatendo Daesh e não roubando petróleo da Síria, diz Pentágono
    Tags:
    terrorismo, Sahel, Saara, Moçambique, ONU, Conselho de Segurança, Daesh, Estado Islâmico, África
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar