07:42 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 47
    Nos siga no

    Ministro da Energia de Israel afirma que o governo do ex-presidente Donald Trump foi bem-sucedido em "danificar seriamente o projeto nuclear do Irã e todo o acúmulo de força".

    O ministro da Energia israelense disse nesta terça-feira (2) que o Irã levará seis meses para produzir físsil suficiente para uma única arma nuclear, enquanto um pequeno arsenal pode ser alcançado daqui a um ou dois anos.

    "Em termos de enriquecimento, eles [os iranianos] estão em uma situação de conseguir em cerca de meio ano se fizerem tudo o que é necessário […]. Quanto ao armamento nuclear, a variação é de cerca de um ou dois anos", afirmou Yuval Steinitz, ministro de Energia de Israel, citado pela agência Reuters.

    A previsão de Israel é muito superior à do secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, que afirmou na recentemente que o Irã poderia produzir "em semanas" material suficiente para a produção de uma arma por fissão nuclear.

    O ministro de Energia de Israel, Yuval Steinitz, durante entrevista.
    © AP Photo / Amr Nabil
    O ministro de Energia de Israel, Yuval Steinitz, durante entrevista.

    Steinitz acrescentou que a administração Trump foi bem-sucedida em "danificar seriamente o projeto nuclear do Irã e todo o acúmulo de força".

    O Irã, que nega buscar armamento nuclear, recentemente acelerou suas violações do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), que começou a violar em 2019 em resposta à saída unilateralmente dos EUA do acordo em 2018.

    As últimas estimativas trimestrais do órgão nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU), em novembro, mostraram que o estoque de urânio enriquecido do Irã aumentou para 2,4 toneladas, mais de dez vezes a quantidade permitida pelo acordo, mas ainda uma fração das mais de oito toneladas que tinha antes.

    Em 4 de janeiro de 2021, Teerã anunciou que aumentaria o enriquecimento de urânio para 20%, muito superior ao acordo nuclear, que fixava o percentual máximo deste indicador em 3,67%.

    Mais:

    Israel anuncia testes bem-sucedidos da nova versão dos sistemas antimísseis Cúpula de Ferro (VÍDEO)
    Drone da Força Aérea de Israel é derrubado no sul do Líbano e Hezbollah assume responsabilidade
    Israel teria rejeitado pressões dos EUA para inspecionar porto de Haifa ante conexões chinesas
    Israel diz estar pronto para tomar ações militares contra Irã nuclear se necessário
    Tags:
    JCPOA, pacto nuclear, bomba nuclear, risco nuclear, bomba nuclear, usina nuclear, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar