02:16 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    161
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (27), 29 caças israelenses F-16 retirados de serviço foram vendidos a uma empresa norte-americana, revela o Ministério da Defesa de Israel.

    Os aviões foram adquiridos pela empresa Top Aces para depois serem utilizados como simuladores de aeronaves inimigas em exercícios com as forças aéreas dos EUA e Canadá.

    Na quarta-feira, quatro dos caças foram transportados para os EUA a bordo de um enorme avião de carga An-225 Mriya.

    Os referidos caças foram dos primeiros modelos a ser entregues a Israel no final da década de 1970.

    Segundo o Ministério da Defesa israelense, um dos quatro aviões entregues à empresa americana havia participado do ataque ao reator nuclear do Iraque em 1981, avança o The Times of Israel.

    Em 2019 Israel foi forçado a desfazer o acordo para vender os seus F-16 à Croácia devido à oposição por parte dos EUA.

    Recentemente, o Iraque disse estar arrependido de comprar caças F-16 americanos por causa de suas limitadas capacidades e prontidão de combate, além disso, os caças F-16IQ possuem uma alta taxa de acidentes.

    Mais:

    Compra de Israel de KC-46A dos EUA não está saindo do lugar devido a atrito de ministros israelenses
    Ministro da Defesa de Israel quer comprar mais 1 esquadrão de caças F-35 antes da saída de Trump
    Comando Central dos EUA passa a incluir Israel para ampliar esforços árabe-israelenses contra Irã
    Tags:
    Canadá, EUA, exercícios aéreos, treinamento militar, Israel, F-16
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar