01:25 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 35
    Nos siga no

    Bombardeiros estratégicos de longo alcance B-52 dos EUA sobrevoaram o Oriente Médio em uma missão para evitar uma suposta agressão na região, informou o Comando Central dos EUA (CENTCOM, na sigla em inglês).

    Nesta quarta-feira (27), o CENTCOM afirmou ter conduzido uma missão "defensiva" para demonstrar a capacidade dos militares norte-americanos de projetar rapidamente seu poder aéreo no mundo "para deter uma potencial agressão" e demonstrar o compromisso de Washington com a segurança na região.

    ​Pela terceira vez neste ano, tripulações de aeronaves B-52H Stratofortress da Força Aérea dos EUA, pertencentes à 2ª Asa de Bombardeiros da Base da Força Aérea de Barksdale, completaram com sucesso um patrulhamento de presença no Oriente Médio.

    Durante a missão, os B-52 foram acompanhados de caças F-15E e F-16, bem como de aviões de reabastecimento KC-10 e KC-135.

    O CENTCOM tem realizado diversas missões no Oriente Médio no que diz serem missões destinadas a dissuadir o Irã. A missão de quarta-feira foi a primeira após a posse de Joe Biden, que assumiu o cargo no dia 20 de janeiro.

    Mais:

    EUA transformam avião de carga C-17 em bombardeiro durante testes (FOTOS)
    Caça russo Su-27 é acionado após detectar bombardeiro B-52H dos EUA sobrevoando Polônia
    Bombardeiros B-52 dos EUA simulam ataque aéreo à 'fortaleza russa no Báltico', escreve Forbes
    Tags:
    Oriente Médio, Força Aérea dos EUA, EUA, bombardeiro estratégico, bombardeiros, Bombardeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar