06:18 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de janeiro de 2021 (81)
    0 32
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (19), o governo de Israel estendeu o terceiro lockdown do país até o dia 31 de janeiro, tendo em vista que os casos diários de COVID-19 continuam aumentando, apesar do início da vacinação.

    Dos nove milhões de cidadãos israelenses, mais de 2,2 milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a COVID-19 da Pfizer/BioNtech, o maior índice de vacinação no mundo, segundo os dados do site Our World in Data.

    Apesar do avanço rápido da vacinação no país, Israel ainda não conseguiu conter a segunda onda do novo coronavírus, que levou a recordes de mortes diárias e casos registrados no país. Na segunda-feira (18), o Ministério da Saúde israelense registrou um número recorde de casos: 10.051.

    "O governo decidiu estender o lockdown por mais dez dias, até 31 de janeiro de 2021", disseram o gabinete do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e o Ministério da Saúde de Israel em um comunicado conjunto.

    Além disso, a partir do sábado (23), os viajantes que chegarem ao país deverão apresentar exames negativos para o novo coronavírus, feitos no mínimo 72 horas antes do voo.

    Israelense segura seringa gigante durante manifestação contra o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu perto de sua residência oficial em Jerusalém, Israel, 9 de janeiro de 2021
    © AP Photo / Oded Balilty
    Israelense segura seringa gigante durante manifestação contra o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu perto de sua residência oficial em Jerusalém, Israel, 9 de janeiro de 2021

    O terceiro lockdown nacional israelense entrou em vigor em 27 de dezembro e deveria durar duas semanas. As pessoas no país estão proibidas de sair de casa por distâncias superiores a um quilômetro, exceto para necessidades excepcionais. As visitas a outras famílias também foram proibidas. Além disso, foram introduzidas restrições para serviços de comércio e lazer no país.

    Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, Israel registra hoje um total de 565.629 casos de COVID-19 e 4.080 mortes causadas pela doença.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de janeiro de 2021 (81)

    Mais:

    Síria não deve ser transformada em campo de batalha entre Israel e Irã, afirma Rússia
    Presidente de Israel é vacinado contra COVID-19 em 1º dia de imunização em massa no país
    Netanyahu anuncia início da vacinação em Israel para 27 de dezembro
    Tags:
    COVID-19, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar