02:58 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3331
    Nos siga no

    O presidente da Turquia afirmou que planeja discutir com Moscou a entrega do segundo regimento do sistema russo S-400 no final de janeiro.

    Ancara discutirá o fornecimento de um segundo regimento de sistemas de mísseis antiaéreos S-400 com a Rússia no final de janeiro, disse na sexta-feira (15) o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

    "Nossos passos na defesa nacional não serão determinados por nenhum país, eles dependem totalmente de nossas próprias decisões. A questão do primeiro regimento dos S-400 foi resolvida, agora continua o trabalho quanto à questão do segundo lote", disse o presidente da Turquia aos repórteres em Istambul.

    Ele acrescentou que, após a posse de Joe Biden como novo presidente dos EUA, as discussões sobre questões relacionadas aos S-400 continuarão com a nova administração dos EUA.

    "Não sei o que Biden dirá, mas não vamos em nenhum caso pedir a autorização de ninguém", afirmou o líder turco.

    Erdogan também comentou a situação em torno da tensão com os EUA quanto aos caças F-35:

    "Temos um problema com os EUA quanto aos F-35. Eles ainda não nos entregaram os aviões, apesar de termos pago muito dinheiro. Os Estados Unidos cometeram um erro muito grande em relação a nós na diplomacia internacional."

    "Espero que, com a chegada de Biden ao poder, possamos dar passos muito mais positivos e resolver esta questão", apontou ele.

    As entregas dos avançados sistemas de defesa antiaérea S-400 da Rússia, que desencadearam uma crise nas relações turco-americanas, começaram em meados de julho de 2019.

    Washington exigiu que Ancara cancelasse o negócio e que comprasse em troca os sistemas norte-americanos Patriot, ameaçando adiar ou cancelar a venda dos novíssimos caças F-35 à Turquia, bem como impor sanções ao país.

    Mais:

    Turquia não vê riscos de sanções dos EUA em caso de compra de 2ª remessa de S-400
    Pompeo: compra do sistema S-400 pela Turquia ameaça segurança dos EUA
    Turquia retaliará novas sanções dos EUA sobre compra dos S-400, diz chancelaria
    Tags:
    Joe Biden, Rússia, S-400, F-35, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar