03:16 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2211
    Nos siga no

    O físico nuclear Mohsen Fakhrizadeh, destacado cientista iraniano, foi assassinado enquanto transitava em um comboio de carros no norte do Irã em novembro de 2020.

    O Irã pediu à Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol, a sigla em inglês) que emitisse "alerta vermelho" para a prisão de quatro indivíduos supostamente envolvidos no assassinato do proeminente cientista nuclear Mohsen Fakhrizadeh, afirmou o porta-voz da polícia iraniana Mehdi Hajian nesta segunda-feira (11).

    "Um pedido de emissão de notificação vermelha foi apresentado à Interpol em relação a quatro dos perpetradores do assassinato do mártir Fakhrizadeh", disse Hajian em entrevista coletiva e citado pela agência ISNA.

    Fakhrizadeh, que chefiava o centro de pesquisa e inovação do Ministério da Defesa iraniano, foi morto a tiros na cidade de Absard, no norte do Irã, em 27 de novembro de 2020. Autoridades iranianas já haviam acusado Israel de estar envolvido no ataque.

    Imagem e caixão com o corpo do cientista nuclear iraniano Mohsen Fakhirzadeh durante funeral em Teerã no dia 30 de novembro de 2020
    © REUTERS . WANA NEWS AGENCY
    Imagem e caixão com o corpo do cientista nuclear iraniano Mohsen Fakhirzadeh durante funeral em Teerã no dia 30 de novembro de 2020

    Após a morte de Fakhrizadeh, ainda em novembro do ano passado, legisladores iranianos aprovaram um projeto de lei com o objetivo de revitalizar as atividades nucleares do país. E, na semana passada, governo iraniano autorizou o enriquecimento de urânio a 20% no complexo nuclear de Fordow.

    Mais:

    Aiatolá também? Twitter remove tweet de líder do Irã após ele criticar vacinas dos EUA e Reino Unido
    Exército do Irã revela novas capacidades de seus drones de combate em recente exercício
    Irã adverte Coreia do Sul para não politizar apreensão de petroleiro, exigindo liberação de fundos
    Irã afirma estar trabalhando no design de novo reator nuclear de água pesada
    Tags:
    Israel, Mohsen Fakhrizadeh-Mahabadi, nuclear, Interpol, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar