22:23 27 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    O Aeroporto Internacional de Áden, no Iêmen, retomou as operações três dias após o ataque que causou 25 mortes e mais de 100 feridos, informou o portal Almasdar On-line.

    Segundo a publicação, os ministros do Interior e dos Transportes, assim como o governador de Áden, participaram da cerimônia de reabertura do terminal.

    Na última quarta-feira (30), uma forte explosão ocorreu no momento em que um avião vindo da Arábia Saudita pousou no aeroporto com o novo governo iemenita a bordo.

    Os membros do novo governo não ficaram feridos durante a explosão que atingiu o saguão de desembarque do aeroporto.

    Ao menos 25 pessoas morreram e outras 100 ficaram feridas no acidente.

    Recentemente, o presidente do Iêmen, Abd Rabbuh Mansur Hadi, nomeou 24 ministros para o novo governo, que chegaram na cidade de Áden, capital interina do governo, no dia da explosão.

    De acordo com o governo do Iêmen, a explosão foi causada por ataques com mísseis lançados pelo movimento houthi.

    O Iêmen vive um conflito armado desde 2014 entre os apoiadores do presidente e os houthis.

    Mais:

    Daesh assume responsabilidade por ataque na Síria que matou mais de 25 pessoas, diz Reuters
    Provocadores israelenses planejam ataques às forças dos EUA no Iraque, diz chanceler iraniano
    Ataque suicida deixa 5 mortos e 14 feridos na capital da Somália
    Terroristas realizam 17 ataques em zona de desescalada do conflito na Síria
    Níger: 70 civis são mortos em ataque jihadista perto da fronteira com o Mali
    Israel 'se prepara' para possível ataque do Irã em meio a aniversário da morte de Soleimani
    Tags:
    houthis, Houthi, mortes, aeroporto, ataque, Guerra do Iêmen, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar