11:51 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    01616
    Nos siga no

    A Índia encomendou 12 navios-patrulha dotados de equipamentos avançados de vigilância em meio à tensão com a China no leste de Ladakh.

    O contrato assinado pelo Exército indiano inclui embarcações, equipamentos, peças e manutenção por quatro anos.

    "A entrega dos navios começará a partir de maio deste ano. Eles serão implantados no Pangong Tso, [lago] que está congelado", afirmou um oficial indiano.

    Com isso, o país pretende se preparar para um confronto com a China, já que as tropas de ambos os países travam constantes confrontos na região, que em grande parte é controlada pela China.

    Atualmente, a Índia conta com 17 embarcações para patrulhar o Pangong Tso, contudo decidiu se reforçar, já que as forças chinesas estão em constante crescimento, segundo o jornal Times of India.

    Desde maio de 2020, o Exército de Libertação Popular (ELP) da China ocupou a região com fortificações e bunkers na região montanhosa, pegando as tropas indianas desprevenidas.

    Vizinhas, China e Índia não têm uma fronteira marcada na região de Ladakh, sendo a separação de territórios estabelecida pela Linha de Controle Real, criada após a guerra de 1962 entre as nações. Desde então, vários conflitos fronteiriços ocorreram ao longo das décadas. Em 1993 e 1996, as nações firmaram acordos sobre a manutenção da paz nas regiões disputadas.

    Em 2020, a situação no leste de Ladakh se agravou depois que aproximadamente 250 soldados chineses e indianos se enfrentaram na noite de 5 de maio na zona de Pangong Tso, deixando mais de 100 feridos em ambos os lados, confronto que só cessou após uma reunião entre os líderes locais.

    Mais:

    Forte explosão atinge fábrica química na Índia (VÍDEO, FOTOS)
    Índia pode ser economia asiática de crescimento mais rápido em 2021, diz grupo financeiro
    Índia diz que está no caminho certo para atingir metas do Acordo de Paris
    Tags:
    Índia, Marinha, China, tensão, navio, embarcações, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar