15:18 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    163
    Nos siga no

    Neste mês, Israel e Marrocos assinaram um acordo de normalização das relações entre os dois países, mediado pelos Estados Unidos.

    O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e o rei Mohammed VI do Marrocos conversaram por telefone, e Netanyahu convidou o monarca para fazer uma visita a Israel, disse o gabinete do primeiro-ministro nesta sexta-feira (25).

    A notícia do telefonema chega três dias depois que uma delegação israelense assinou, em Rabat, um acordo de normalização das relações com o Marrocos, mediado pelos Estados Unidos.

    "Os líderes se parabenizaram pela renovação dos laços entre os países, pela assinatura do acordo com os EUA e pelo entendimento entre os dois países", disse um comunicado do escritório de Netanyahu, de acordo com a AFP.

    Durante a conversa "calorosa e amigável", Mohammed VI destacou "a conexão calorosa" do Marrocos com os judeus que moram no país. Netanyahu, por sua vez, afirmou que "Israel está entusiasmado com a paz entre os países", de acordo com o comunicado.

    Bandeira do Marrocos
    Bandeira do Marrocos

    Israel e Marrocos também devem reabrir escritórios diplomáticos em ambos os países. Marrocos fechou sua embaixada em Tel Aviv em 2000.

    O Marrocos tem a maior comunidade judaica da parte norte do continente africano, de cerca de três mil pessoas desta religião, enquanto Israel é o lar de 700 mil judeus de origem marroquina. O Marrocos é o terceiro país árabe a normalizar os laços com Israel em 2020, depois do Bahrein e dos Emirados Árabes Unidos.

    Mais:

    Primeiro dinossauro terrestre a ser capaz de nadar tem fóssil achado no Marrocos (FOTOS)
    Evoluiu para aterrorizar: nova espécie de réptil pré-histórico é descoberta no Marrocos (FOTO)
    Parlamento se dissolve em Israel, forçando 4ª eleição em 2 anos
    Jarro com bebê de 3.800 anos dentro é desenterrado em Israel (FOTOS)
    Netanyahu diz que Israel não vai permitir que Irã ganhe território na Síria
    Tags:
    diplomacia, Mohammed VI, Benjamin Netanyahu, Israel, Marrocos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar