01:47 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    123
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos anunciou hoje (10), através do Twitter, que mediou um acordo de paz entre Israel e Marrocos e concedeu ao país africano o reconhecimento de sua soberania sobre a região do Saara Ocidental.

    Assim, o Marrocos se torna o quarto Estado árabe neste ano, e o sexto no total, a ter suas relações totalmente normalizadas com Israel, depois de Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Sudão, que aderiram aos acordos de Abraham patrocinados por Trump. Egito e Jordânia, por sua vez, mantêm relações com o Estado judeu há algumas décadas.

    Mais um avanço HISTÓRICO hoje! Nossos dois GRANDES amigos, Israel e o Reino do Marrocos, chegaram a um acordo para manter relações diplomáticas plenas - um enorme avanço para a paz no Oriente Médio!

    Além disso, Trump observou que o Marrocos reconheceu os Estados Unidos em 1777 e disse que é apropriado que Washington reconheça sua soberania sobre o Saara Ocidental.

    Hoje, eu assinei uma proclamação reconhecendo a soberania marroquina sobre o Saara Ocidental. A proposta de autonomia séria, credível e realista do Marrocos é a ÚNICA base para uma solução justa e duradoura para manter a paz e a prosperidade!

    O acordo é resultado de conversas conduzidas pelo conselheiro e genro de Donald Trump, Jared Kushner, e seu negociador-chefe em assuntos internacionais, Avi Berkowitz.

    "Isto é um passo importante para os povos de Israel e Marrocos. Ele fortalece ainda mais a segurança de Israel, enquanto cria oportunidades para Marrocos e Israel aprofundarem suas relações econômicas e melhorarem a vida de seus cidadãos", disse Kushner, segundo a agência AP. 

    O conselheiro de Trump acrescentou que o acordo envolve o estabelecimento de escritórios de intermediação imediata em Rabat e Tel Aviv, com a intenção de abrir embaixadas em um futuro próximo, lançar voos entre os dois países, e promover a cooperação econômica e cultural bilateral.

    Como parte do acordo, os Estados Unidos se aliaram ao Marrocos em seu conflito com as forças que buscam a independência do Saara Ocidental e controlam partes da região. Trump anunciou que Washington reconhece a soberania marroquina sobre todo o território do Saara Ocidental e reafirma seu apoio à proposta de autonomia do reino árabe como a única base para resolver a disputa.

    Vossa Majestade o Rei Mohammed VI, que Deus o abençoe, conversou hoje [10] ao telefone com Vossa Excelência o Senhor Donald TRUMP, Presidente dos Estados Unidos da América.

    Os Estados Unidos também vão "encorajar" o desenvolvimento do Marrocos e abrir um consulado no Saara Ocidental "para promover oportunidades econômicas e de negócios para a região", informou a Casa Branca em um comunicado, no qual acrescentou que Trump discutiu o acordo com o rei Mohammed VI do Marrocos em uma conversa por telefone nesta quinta-feira (10).

    Kushner, por sua vez, manifestou esperança de que mais acordos de paz se materializem em um futuro próximo,incluindo entre Israel e a Arábia Saudita, que, segundo ele, são inevitáveis.

    Mais:

    Israel, Bahrein e Emirados Árabes Unidos assinam acordo de paz nos EUA (VÍDEO)
    EUA dizem aos Emirados Árabes que não apoiarão anexações por Israel até 2024
    Em nota, Itamaraty rechaça violência no Saara Ocidental
    Marrocos aprova compra de quase US$ 1 bilhão em mísseis e bombas dos EUA
    Tags:
    Donald Trump, EUA, relações bilaterais, Israel, Marrocos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar