22:36 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Após mais de um ano presos na Líbia sob acusação de tentarem influenciar nas eleições no país africano, cidadãos russos foram finalmente liberados.

    Trata-se dos cidadãos russos Maksim Shugalei e Samer Sueifan.

    A notícia da liberação de ambos foi passada à Sputnik pelo membro da Câmara Cívica da Federação da Rússia Aleksandr Malkevich.

    "Confirmo, eles foram liberados", afirmou Malkevich.

    Посмотреть эту публикацию в Instagram

    Публикация от Партия "Родина" (Коми) (@rodina_komi)

    Ambos os cidadãos foram presos na Líbia em maio de 2019 na capital Trípoli.

    Na ocasião, Shugalei e Sueifan foram acusados de tentarem influenciar nas próximas eleições, o que foi negado pelo lado russo.

    Também havia suspeita de que ambos tentaram marcar um encontro com o filho do ex-presidente líbio Muammar Kadhafi, Saif al-Islam Kadhafi.

    De acordo com o portal RBC, a Procuradoria da Líbia informou que as ditas provas da tentativa de influenciar a política do país foram obtidas após análise de pendrives e laptops dos mesmos.

    Mais:

    ONU adverte milhares de mercenários e combatentes na Líbia, à medida que crise humanitária aumenta
    Forças em conflito na Líbia assinam cessar-fogo em Genebra, informa ONU
    Em diálogo sobre a Líbia, partes concordam com plano para unificar poderes
    Tags:
    presos, russos, Líbia, eleições
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar