23:39 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8224
    Nos siga no

    Israel alertou que suas instalações no exterior podem ser alvos do Irã, que vem fazendo novas ameaças contra o país desde a morte de um proeminente cientista nuclear iraniano.

    Em seu alerta, emitido nesta quinta-feira (3), o escritório de contraterrorismo de Israel disse que o Irã poderia tentar realizar ataques em países vizinhos, incluindo Geórgia, Azerbaijão, Turquia, Emirados Árabes Unidos e Bahrein.

    "À luz das ameaças recentes de agentes iranianos e do envolvimento anterior de agentes iranianos em ataques terroristas em vários países, existe a preocupação de que o Irã tente agir dessa forma contra alvos israelenses", descreve o documento, segundo publicado pela Reuters.

    Os governantes clericais e militares do Irã culparam Israel pela morte de seu principal cientista nuclear, Mohsen Fakhrizadeh-Mahabadi, na semana passada. Um dos principais conselheiros do líder supremo do Irã disse que o país dará uma resposta "calculada e precisa".

    ​A arma usada na morte do físico nuclear foi controlada por satélite, segundo informou a TV Al-Alam citando uma fonte anônima.

    Anteriormente, a mídia iraniana já tinha anunciado que Fakhrizadeh tinha sido morto a tiros com uma metralhadora de controle remoto. A Press TV noticiou na segunda-feira (30), citando uma fonte bem informada, que a arma tinha o logotipo e especificações da indústria militar de Israel.

    Mais:

    Morte de cientista iraniano foi 'ponto alto' de plano israelense de longo prazo, diz mídia de Israel
    Israel: ministro da Defesa aliado de Netanyahu diz que vai pedir novas eleições no país
    Palestinas contrabandeiam esperma de condenados por terrorismo em Israel a fim de conceber filho
    Tags:
    morte, Forças Armadas, relações exterirores, Crise, Golfo Pérsico, Israel, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar