09:09 14 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 71
    Nos siga no

    Os bancos centrais da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos anunciaram que vão criar uma moeda digital comum, acreditando que este projeto venha a desenvolver a economia digital com vários benefícios bilaterais.

    O objetivo desta parceria, que foi planejada no início de 2019, centra-se em fornecer provas da viabilidade da emissão de uma moeda digital para os bancos centrais, com vista a desenvolver sistemas de pagamento transfronteiriços e reduzir os tempos e custos de transferência entre bancos, disseram os bancos centrais da Arábia Saudita (SAMA) e dos Emirados Árabes Unidos (CBUAE) em um comunicado conjunto, citado no Arabian Business. Adicionalmente, este projeto também fará experiências com o uso direto e a aplicação de tecnologias.

    Sputnik Árabe conversou sobre o assunto com dois especialistas que se mostraram otimistas em relação ao projeto.

    Nas palavras de Nizar Aridy, especialista em mercados, "este é um passo qualitativamente novo em relação à estratégia bilateral. Podemos assumir que a moeda digital será, com o tempo, o principal 'input' [entrada] para o desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial. Além disso, a modernização da economia e a introdução de sistemas digitais vão atrair muito investimento".

    Aridy acredita que a combinação de sistemas de inteligência artificial e de economia digital, não só contribuirá para a diversificação das economias nacionais dos países envolvidos, mas também para o seu crescimento nos próximos dez anos.

    O economista Najib Abdallah também vê positivamente a criação de uma moeda digital, que por sua vez fortalecerá as relações bilaterais entre os dois países. Na verdade, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos não são tão diferentes assim. Além de sua proximidade geográfica, o reino saudita representa a maior economia da região do Oriente Médio em termos de Produto Interno Bruto (PIB), sendo seguida pelos Emirados no mesmo parâmetro.

    Deste modo, e por enquanto, o desenvolvimento de uma moeda digital comum será exclusivamente levado adiante pelas duas potências árabes e utilizada pelos seus bancos centrais e comerciais. Em um futuro próximo, outros países poderão também se unir ao projeto, prevêem os especialistas.

    Mais:

    'Não se pode confiar na América': como o Irã vai reagir ao assassinato de seu cientista nuclear?
    Arábia Saudita nega participação na morte de cientista nuclear iraniano
    Jordânia e Emirados Árabes condenam assassinato de cientista nuclear iraniano
    Tags:
    investimento, inteligência artificial, digital, economia, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar