10:56 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Três militantes islâmicos armados foram mortos hoje (1º) durante um confronto com um destacamento do Exército Nacional Popular da Argélia no nordeste do país, anunciou o Ministério da Defesa Nacional por meio de um comunicado.

    "No âmbito da luta antiterrorista e durante uma operação de busca e varredura realizada na localidade de Oued Bouayache, perto da comuna de El-Ancer, em Jijel, na 5ª Região Militar, um destacamento do Exército Nacional Popular abateu, hoje, 1º de dezembro de 2020, dois terroristas, após um confronto com um perigoso grupo terrorista", diz a nota. Em seguida, a pasta divulgou uma atualização confirmando a morte de mais um militante.

    Na operação, ainda de acordo com a Defesa argelina, foram apreendidas três submetralhadoras do tipo Kalashnikov, cinco pentes carregados, uma granada, uma grande quantidade de munição, um painel fotovoltaico, mochilas, dispositivos de comunicação, vestimentas, medicamentos e outros itens.

    "Esta operação, ainda em curso, vem reforçar a dinâmica de resultados positivos alcançados pelas unidades do Exército Nacional Popular, e denota a sua permanente vigilância e disponibilidade, em todo o país, para fazer face a qualquer tentativa de minar sua segurança e estabilidade." 

    ​Apesar da implementação em 2005 de uma "carta para a paz e reconciliação", que deveria virar a página da década de guerra civil que deixou cerca de 200.000 mortos no país, grupos islâmicos armados continuam ativos especialmente no centro-leste da Argélia, onde geralmente atacam as forças de segurança, escreve a AFP.

    Mais:

    Veterana do Exército americano é presa por enviar dinheiro a terroristas na Síria
    Grupo terrorista mata ao menos 43 agricultores no nordeste da Nigéria
    Para que propósito Argélia adquire caças russos?
    Presidente da Argélia retornará ao país 'em alguns dias', após ficar internado na Alemanha
    Tags:
    AFP, militantes, terroristas, exército, militares, operação, Defesa, Argélia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar