05:47 13 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 262
    Nos siga no

    A Organização de Energia Atômica do Irã (AEOI, na sigla em inglês), pretende projetar um novo reator de água pesada de 40 megawatts, de acordo com projeto de lei promulgado nesta terça-feira (24).

    "De acordo com o artigo 4 do projeto de lei, aprovado pela comissão na terça-feira, a AEOI deverá estabelecer uma planta para produção de urânio", afirmou o porta-voz da Comissão de Políticas Exteriores e Segurança Nacional do Parlamento do Irã, Abolfazl Amouei, citado pela agência de notícias MEHR.

    O porta-voz também afirmou que na terça-feira (24) os parlamentares iranianos discutiram um plano estratégico para driblar as sanções contra o Irã.

    Reator atômico na usina nuclear de Bushehr, no sul do Irã (foto de arquivo)
    © AFP 2021 / Atta Kenare
    Reator atômico na usina nuclear de Bushehr, no sul do Irã (foto de arquivo)

    A notícia foi divulgada no momento em que o país continua elevando seu armazenamento de urânio pouco enriquecido além do limite previsto pelo Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês).

    O Plano de Ação Conjunto Global de 2015, também conhecido como o acordo nuclear com o Irã e abandonado unilateralmente pela administração Trump em maio de 2018, é considerado por Teerã como uma prioridade para lidar com qualquer governo dos EUA após as eleições presidenciais de 2020.

    Mais:

    Mudança de acordo nuclear com Irã é 'posição bipartidária' dos EUA, diz diplomata norte-americano
    Pela 1ª vez, Irã introduzirá toque de recolher em regiões do país contra COVID-19 
    Após saída de Trump Israel poderia lançar ataque preventivo contra Irã, diz general dos EUA
    Tags:
    EUA, estratégia, reator nuclear, reatores, sanções, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar