18:06 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    129
    Nos siga no

    Um grupo terrorista realizou 30 ataques na zona de desescalada em Idlib, na Síria, nas últimas 24 horas, informou hoje (15) o chefe-adjunto do Centro Russo de Reconciliação para a Síria, Aleksandr Grinkevich.

    "Nós registramos 30 incidentes de bombardeios na zona de desescalada em Idlib [incluindo 30 ataques registrados pelo lado Sírio], com 15 deles na província de Idlib, dois na província de Aleppo, oito na província de Latakia, e cinco na província de Hama, de posições do grupo terrorista Frente al-Nusra [organização proibida na Rússia e em outros países]", disse Grinkevich.

    O militar russo também assinalou que não houve registros de disparos na zona de desescalada em Idlib por grupos armados controlados pela Turquia.

    Segundo Grinkevich, a polícia militarizada da Rússia continua realizando patrulhas nas províncias de Aleppo, Al-Hasakah e Raqqa ao longo das rotas estabelecidas, enquanto a Força Aérea faz patrulhas pelo ar.

    Mais:

    Reconstrução da Síria pós-conflito é uma tarefa crucial, diz Putin em reunião virtual com Assad
    Rússia e Síria acusam EUA de treinar terroristas do Daesh em território sírio
    Enviado especial de Trump confessa que lhe ocultou número real de soldados dos EUA na Síria
    Tags:
    terrorismo, Rússia, guerra síria, crise síria, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar