01:00 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    163
    Nos siga no

    Um homem tentou apunhalar militares israelenses próximo da cidade de Hebron, na Cisjordânia, segundo as Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês).

    O suspeito desceu do carro com uma faca e seguiu em direção a um grupo de soldados com intenção de atacá-los. Após receber ordem de parar, seguiu avançando, até que os militares "abriram fogo para neutralizá-lo".

    ​Um agressor se aproximou e tentou apunhalar as tropas do IDF que operavam próximo de um campo de refugiados a sudoeste de Hebron nesta manhã. As tropas frustraram o ataque, sem baixas das IDF. O agressor foi levado ao hospital para tratamento médico.

    De acordo com o jornal Haarez, o agressor, de 41 anos de idade, palestino, foi levado ao hospital para receber tratamento médico.

    ​IDF: De acordo com informação anterior sobre uma tentativa de esfaqueamento adjacente ao campo de refugiados Al Fawwar, a sudoeste de Hebron, um agressor chegou ao local em um veículo, desceu e avançou com uma faca em direção às tropas na tentativa de..

    Apesar da tentativa de esfaqueamento, nenhum militar ficou ferido. O Exército não forneceu detalhes sobre o estado de saúde do agressor.

    Recentemente, Israel demoliu uma aldeia beduína na Cisjordânia, ato que a UE e ONU condenaram. 

    "A União Europeia reitera seu apelo para Israel cessar tais demolições, incluindo de estruturas financiadas pela UE, em particular à luz do impacto humanitário da atual pandemia de coronavírus", disse o porta-voz da União Europeia, Peter Stano.

    Por sua vez, Israel afirma que a aldeia beduína foi construída ilegalmente em uma zona militar de exercício de tiro.

    Mais:

    Foguete é lançado de Gaza contra Israel, afirmam FDI
    Israel anuncia início oficial de relações diplomáticas com Bahrein
    Acordos de paz de Israel com países árabes podem redesenhar mapa do Oriente Médio, diz especialista
    Tags:
    Cisjordânia, palestino, israel, militares, ataques, ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar