04:10 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 120
    Nos siga no

    Militares da Rússia e da Turquia realizaram exercícios conjuntos na zona de desescalada na província síria de Idlib, informou aos jornalistas um porta-voz do centro de coordenação regional.

    De acordo com o porta-voz, o objetivo principal do exercício era praticar o entrosamento entre os militares turcos e russos em situações de emergência, como durante um ataque de militantes terroristas a um comboio.

    "Foi elaborada a coordenação dos militares diretamente envolvidos no patrulhamento e o procedimento para organizar a comunicação na rota através de sinais especiais", disse o porta-voz.

    Na quinta-feira, uma fonte turca disse à Sputnik que as negociações entre militares turcos e russos sobre a situação na província síria de Idlib não resultaram em nenhum acordo. Segundo a fonte, a Turquia se recusou a deixar postos de controle nos territórios controlados pelo exército sírio ou a reduzir o número de suas tropas na região.

    A população da província síria de Idlib realizou protestos contra a presença militar turca no país, informou a mídia síria na semana passada.

    A província continua sendo uma das quatro zonas de desescalada, estabelecidas pela Rússia, Irã e Turquia em 2017, que não está sob o controle de Damasco. O governo sírio vem tentando recuperar Idlib desde meados de dezembro do ano passado.

    Mais:

    Exército sírio repele ataque de 2 grupos armados contra suas posições em Idlib
    Explosão atinge tropas turcas em Idlib durante patrulha conjunta com Rússia (VÍDEO)
    VÍDEO mostra suposta explosão em atentado contra militares turcos em estrada de Idlib
    Tags:
    exercício, Turquia, Rússia, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar