03:58 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9504
    Nos siga no

    Comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã (IRGC, na sigla em inglês), Hossein Salami, lançou um aviso ao presidente dos EUA, Donald Trump, que ameaça impor novas sanções ao país persa.

    Na terça-feira (15), Trump publicou uma série de tweets alertando que qualquer ofensiva do Irã aos EUA "será retribuída com um ataque que será mil vezes maior".

    O presidente dos EUA ameaçou o Irã após relatos da imprensa, segundo os quais Teerã estaria planejando assassinar Lana Marks, embaixadora norte-americana na África do Sul, como retaliação pelo assassinato do general iraniano Qassem Soleimani.

    Por sua vez, Hossein Salami prometeu retaliar Trump "se um cabelo cair da cabeça de algum iraniano".

    O major-general iraniano qualificou de "séria" a eventual resposta do Irã a possíveis ações norte-americanas. "Vamos demonstrar tudo na prática", acrescentou.

    O general Qassem Soleimani foi assassinado em um ataque de drone comandado pelos Estados Unidos quando o militar iraniano se encontrava em um veículo próximo ao Aeroporto Internacional de Bagdá.

    Mais:

    Porta-aviões USS Nimitz dos EUA entra no golfo Pérsico em meio à tensão com Irã (FOTOS)
    EUA ameaçam punir quem se opuser ao restabelecimento de sanções contra o Irã
    Pompeo: Cuba, Rússia e Irã exercem 'influência maligna' sobre Venezuela
    Tags:
    Qassem Soleimani, Donald Trump, sanções, Oriente Médio, Irã, Hossein Salami
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar