07:59 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3100
    Nos siga no

    O satélite Angosat-2, produzido na Rússia, deverá ser enviado ao espaço a partir de Baikonur em março de 2022 após o satélite antecessor ter perdido o contato com a Terra.

    Em outubro próximo, a empresa Sistemas Informacionais de Satélites Reshentev enviará o módulo de carga do satélite para a Europa para que o mesmo receba seus equipamentos.

    Enquanto isso, o satélite já tem prazo de lançamento, previsto para daqui a dois anos.

    "Confirmo que o trabalho sobre o satélite já nos foi passado e voltamos a confirmar o prazo estabelecido de lançamento do aparelho em março de 2020, no foguete Proton", afirmou à Sputnik Nikolai Testoedov, diretor-geral da referida empresa.

    Ainda em 2009, a Rússia e Angola fecharam um acordo para a produção de um satélite de telecomunicações, o Angosat-1, o qual foi lançado ao espaço em dezembro de 2017.

    Contudo, pouco depois do lançamento o aparelho perdeu o contato com sua base na Terra.

    Em abril de 2018, os dois países fecharam um acordo para a construção do satélite Angosat-2, que vai substituir o antecessor.

    O lançamento do aparelho de telecomunicações deverá se dar a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. 

    Mais:

    EUA lançam foguete portador em missão secreta com 4 satélites espiões (VÍDEO)
    Satélite revela retirada de tropas de China e Índia de região disputada (FOTO)
    Satélite espião de Israel revela detalhes da histórica cidade síria de Palmira (FOTOS)
    Tags:
    Rússia, espaço, espécies, satélite, Angola
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar