09:25 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3531
    Nos siga no

    O Exército da Síria, com apoio de conselheiros militares da Rússia, realizou uma operação de larga escala com o objetivo de eliminar grupos de militantes na parte central do país, informou o representante das forças russas na Síria.

    "No período de 18 a 24 de agosto, as tropas da Síria prepararam e realizaram, com participação direta de conselheiros militares russos, uma operação em grande escala para eliminar grupos militantes. Ataques aéreos da Força Aeroespacial da Rússia e da Força Aérea síria, fogo de artilharia e operações de grupos de busca e reconhecimento de operações especiais na área do 'deserto branco' eliminaram 327 militantes, destruíram 134 abrigos, 17 postos de observação, sete armazéns com material e cinco depósitos subterrâneos de armas e munições", disse.

    Além disso o representante russo detalhou que "a operação de eliminação dos restos de grupos militantes no 'deserto branco' continuará até que as forças controladas pelos EUA sejam completamente destruídas".
    Bairro da cidade de Saraqeb, na província síria de Idlib, libertada pelo Exército sírio
    © Sputnik / Mikhail Alaeddin
    Bairro da cidade de Saraqeb, na província síria de Idlib, libertada pelo Exército sírio

    Anteriormente, nas proximidades de Damasco ocorreu a explosão de um gasoduto, provocando queda de energia em toda a Síria.

    Segundo o ministro sírio do Petróleo e Recursos Minerais, Ali Ghanem, a explosão pode ter sido causada por um ato terrorista.

    Mais:

    Base militar ilegal dos EUA é bombardeada na Síria, segundo mídia (FOTOS)
    Drones dos EUA são flagrados caindo em chamas no noroeste da Síria (FOTOS, VÍDEO)
    Explosão de gasoduto nas proximidades de Damasco causa apagão de energia em toda a Síria
    Tags:
    militantes sírios, EUA, Oriente Médio, Rússia, Exército da Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar