18:12 12 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4350
    Nos siga no

    Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã afirmou ter eliminado homens armados com ligações com os EUA ao tentarem entrar no país pelo noroeste.

    A tentativa de invasão teria se dado na área de Maku, mais precisamente na província iraniana de Azerbaijão do Oeste e a menos de 15 km da fronteira entre Irã e Turquia.

    Segundo publicação do portal Sepahnews, ligado ao Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês), a tentativa de infiltração foi perpetrada por três homens.

    "Na noite passada, um grupo terrorista contrarrevolucionário foi pego em uma rede da inteligência dos combatentes [IRGC] na área pública de Maku", publicou o portal.

    Além disso, o IRGC afirmou que os homens são ligados aos EUA.

    "Quantidades significativas de armas, equipamento, munição e sistemas de comunicação foram apreendidas", adicionou o portal.

    Enquanto isso, o governo iraniano tem relatado atos de sabotagem, com explosões registradas no país.

    No domingo (23), o porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã, Behrouz Kamalvandi, afirmou que um incêndio na instalação nuclear de Natanz foi resultado de ato de sabotagem.

    Mais:

    Passageiros de avião ucraniano abatido no Irã estavam vivos por 19 segundos, diz Teerã
    Países europeus escolheram apoiar Irã e 'ficar do lado dos aiatolás', critica Pompeo
    Irã anuncia desenvolvimento de novo míssil de cruzeiro de longo alcance
    Tags:
    infiltrados, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar