14:07 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7711
    Nos siga no

    Um eventual conflito no golfo Pérsico pode ser evitado se se encarar com a devida atenção e responsabilidade as posições de cada um, se se atuar de forma respeitosa e de forma coletiva, afirmou Putin.

    "Em 2019 a Rússia apresentou um conceito renovado de segurança para a área do golfo Pérsico. Nela é descrito um caminho concreto para a resolução efetiva dos diversos problemas na região. Acreditamos que os problemas podem ser ultrapassados se se encarar com a devida atenção e responsabilidade as posições de cada um, se se atuar de forma respeitosa e de forma coletiva", expressou Putin nesta sexta-feira (14), conforme publica o site do Kremlin.

    Navio da Marinha norte-americana em operação no golfo Pérsico
    © AP Photo / Blake Midnight
    Navio da Marinha norte-americana em operação no golfo Pérsico

    Para o presidente da Federação da Rússia, na região, como em qualquer lugar do planeta, não deve haver espaço para chantagens. Além disso, na visão do mandatário, abordagens unilaterais não ajudam a alcançar a segurança do golfo Pérsico. Portanto, é necessário preservar as experiências positivas anteriores.

    "Apelamos aos parceiros para considerarem com atenção nossa proposta. A alternativa será uma escalada de tensão e o aumento do risco de surgimento de um conflito. É necessário evitar este desenvolvimento", argumentou Putin.

    Segundo o presidente russo, "a Rússia está aberta a comunicações construtivas com todos os que estão interessados em afastar a situação da linha perigosa".

    Putin sugeriu a realização de uma videoconferência dos líderes dos países com assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, com participação da Alemanha e do Irã. O intuito é evitar um agravamento das tensões regionais.

    Tensões entre os EUA e o Irã se intensificaram nesta quinta-feira (13) após o Comando Central dos EUA afirmar que forças navais do Irã abordaram e detiveram um navio petroleiro no estreito de Ormuz por aproximadamente cinco horas.

    Mais:

    Arábia Saudita dispara tiros de advertência contra barcos de pesca iranianos no golfo Pérsico
    WSJ diz que EUA apreenderam petroleiros do Irã e os obrigaram a mudar de rota, mas Teerã nega
    Irã diz que se EUA querem ajudar o Líbano, deveriam suspender sanções
    Tags:
    diplomacia, conflito, tensão geopolítica, Golfo Pérsico, Irã, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar