03:15 23 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6442
    Nos siga no

    Anunciado por Donald Trump, o acordo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos compromete o governo Netanyahu a renunciar soberania sobre partes da Cisjordânia, reclamada por palestinos.

    A Turquia pretende suspender suas relações diplomáticas com os Emirados Árabes Unidos (EAU), fechar a embaixada turca na capital Abu Dhabi e retirar o embaixador turco devido ao acordo que os EAU fizeram com Israel, declarou nesta sexta-feira (14) o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

    "Podemos retirar nosso embaixador de Abu Dhabi se for necessário, já que apoiamos a Autoridade Palestina [AP], e não vamos ceder seus direitos", disse Erdogan aos jornalistas.

    O Ministério das Relações Exteriores turco também se opôs fortemente ao acordo de paz israelo-emiradense. O ministério disse que os Emirados Árabes Unidos não tinham o direito de fazer o acordo, e que era um ato de "traição" à causa palestina, que jamais será perdoado.

    A Turquia também se comprometeu a apoiar a AP, que anteriormente condenou o acordo.

    O Ministério das Relações Exteriores da AP anunciou na quinta-feira (13) que retiraria seu principal diplomata de Abu Dhabi em protesto contra a decisão dos EAU de normalizar os laços diplomáticos com Israel.

    Acordo trilateral

    Anteriormente, Israel suspendeu seus planos de estender soberania sobre partes da Cisjordânia, o que levou ao estabelecimento de laços com os Emirados Árabes Unidos. Na quinta-feira (13), o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que Israel e os EAU haviam concluído um acordo de paz para normalizar totalmente as relações e estabelecer laços diplomáticos.

    EAU são a terceira nação árabe a estabelecer laços com Israel, depois do Egito e da Jordânia. O presidente dos EUA expressou a esperança de que mais países árabes e muçulmanos concordem em normalizar as relações com Israel.

    Mais:

    Erdogan diz que demanda territorial da Grécia e 'ridícula'
    Erdogan diz que Turquia não reconhece eleições parlamentares da Síria
    Inimigo do meu inimigo? EAU teriam adquirido sistema de mísseis de Israel para forças de Haftar
    'Acordo do Século' de Trump é 'projeto de ocupação' no Oriente Médio, afirma Erdogan
    Tags:
    Cisjordânia, Ministério das Relações Exteriores da Turquia, Ministério das Relações Exteriores, Autoridade Palestina, Abu Dhabi, Recep Tayyip Erdogan, EAU, Emirados Árabes Unidos, Israel, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar