23:19 30 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 54
    Nos siga no

    Pelo menos dois guardas de fronteira iraquianos foram mortos por um ataque de drones turcos na província de Erbil, no norte do país, disseram as forças de segurança locais nesta terça-feira (11).

    As forças de segurança iraquianas publicaram as informações através das redes sociais.

    "A flagrante agressão da Turquia por meio de um ataque de drones contra um veículo militar da guarda de fronteira na área de Sidekan causou a morte do comandante da segunda brigada da guarda de fronteira da primeira região, do comandante do terceiro regimento da segunda brigada e do motorista", afirmam.

    Há informações divergentes, uma vez que o canal de TV Al-Sumaria relatou a morte de cinco soldados iraquianos, bem como dez membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

    Militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK)
    © AP Photo / Cagdas Erdogan
    Militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK)

    O governo turco luta contra o PKK, que busca estabelecer uma autonomia curda na Turquia, desde o início dos anos 1980. O PKK e Ancara assinaram um acordo de cessar-fogo em 2013. O acordo, porém, acabou apenas dois anos depois, devido a vários ataques terroristas supostamente cometidos por militantes do PKK.

    Diversas bases do PKK estão localizadas na região norte do Iraque, onde Ancara conduz regularmente operações terrestres e aéreas para combater os militantes, considerados terroristas pelo governo turco.

    Mais:

    Turquia inicia nova ofensiva contra forças curdas no norte do Iraque
    Turquia lança nova operação contra curdos no norte do Iraque (VÍDEO, FOTOS)
    Milícia curda acusa Turquia de estabelecer bases militares no Iraque
    Tags:
    Ancara, PKK, Iraque, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar