22:23 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    51046
    Nos siga no

    Um caça F-15 dos Estados Unidos interceptou um avião de passageiros da companhia aérea Mahan Air, do Irã, nesta quinta-feira (23).

    De acordo com o Comando Central dos Estados Unidos, a ação seguiu protocolos internacionais e as aeronaves ficaram a uma distância segura de 1.000 metros. 

    Ainda de acordo com as autoridades dos Estados Unidos, o objetivo da "inspeção visual" foi "garantir a segurança das unidades da coalizão das tropas em Al-Tanf [base militar dos Estados Unidos na Síria]" e ação ocorreu na "vizinhança" da base estadunidense

    "Assim que o piloto do F-15 identificou a aeronave como um avião de passageiros da Mahan Air, o F-15 abriu uma distância segura da aeronave", disse o Capitão Bill Urban, porta-voz do Comando Central dos Estados Unidos, em comunicado

    Inicialmente foi informado se tratar de um caça israelense, de acordo com a agência de notícias IRIB.

    O piloto do avião iraniano, na tentativa de evitar a colisão, fez uma manobra brusca, o que resultou em ferimentos em vários passageiros. O avião aterrissou em Beirute, deixou os passageiros saírem, fez reabastecimento e regressou a Teerã em seguida.

    Posteriormente, o Ministério das Relações Exteriores iraniano afirmou que as autoridades do país vão analisar todas as circunstâncias do incidente para tomar medidas políticas e jurídicas apropriadas.

    Laya Joneidi, vice-presidente iraniana de assuntos jurídicos, afirmou que as ações da Força Aérea dos EUA em relação ao avião iraniano violaram os princípios de segurança de voos.

    Mais:

    Explosão é reportada em usina elétrica no centro do Irã
    Irã executa acusado de informar para CIA paradeiro do general Soleimani
    Irã liberta cerca de 36 mil presos para conter a COVID-19
    Líderes de Irã e Iraque se encontram e indicam união de forças contra EUA na região
    Irã inicia desenvolvimento de seu próprio caça pesado
    Tags:
    interceptação, voo, caça, Irã, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar