22:46 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    110
    Nos siga no

    Radicais do movimento Talibã fizeram 53 civis reféns na província de Daikondi, no centro do Afeganistão, disse o governador da província, Zia Hamdard.

    Zia Hamdard, citado pela emissora Tolo News, disse que mulheres e 28 crianças estão entre os capturados. O governador informou que as autoridades locais conseguiram negociar com Talibã a liberação de nove reféns, e as negociações continuam.

    O Afeganistão vive anos de instabilidade em função dos ataques realizados pelo Talibã e, desde 2015, o grupo terrorista Daesh (autoproclamado Estado Islâmico, proibido na Rússia e em outros países), apesar da forte presença militar dos Estados Unidos e de seus aliados.

    No final de fevereiro passado, os EUA e o Talibã assinaram um acordo de paz no Qatar, o primeiro em mais de 18 anos de guerra.

    Além de reduzir o contingente militar dos EUA no Afeganistão, o pacto contempla a libertação de milhares de prisioneiros pelo governo afegão e pelo Talibã para abrir o caminho para o diálogo.

    Desde então, pouco progresso foi alcançado durante o processo de paz, principalmente em função de uma crise interna de poder em Cabul e dos atrasos na troca de prisioneiros.

    Mais:

    Foguetes atingem base aérea dos EUA no Afeganistão
    Venezuela, Afeganistão, Nicarágua: como eram as guerras não 'declaradas' da CIA
    Após erros no Iraque e Afeganistão, EUA desenvolvem nova doutrina de aprendizado para fuzileiros
    Tags:
    Talibã, reféns, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar