20:47 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    COVID-19 desafia mundo no início de junho (54)
    292
    Nos siga no

    Segundo o ministro da Saúde da República Democrática do Congo, Eteni Longondo, o novo surto de ebola já matou quatro pessoas.

    As infecções foram identificadas na parte ocidental do país africano em Mbandaka, cidade na província de Équateur.

    "Já existem quatro mortes e quatro suspeitos", que ainda estão vivos, declarou na segunda-feira (1º) o ministro da Saúde congolês.

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2018 foi reportado outro surto de ebola, com 54 casos e 33 mortes na referida província.

    A República Democrática do Congo continua lutando para erradicar a segunda maior epidemia de ebola da história em sua região oriental, onde mais de 2.260 pessoas morreram apesar do uso de duas novas vacinas.

    Além disso, a nação congolesa está sofrendo com o aumento de casos de COVID-19, tendo contabilizado 3.495 casos confirmados e 75 mortes, conforme dados da Universidade Johns Hopkins.

    Anteriormente, a OMS informou que, até o final de 2020, o número de mortes por COVID-19 poderia variar entre 83 mil e 190 mil em todo o continente africano.

    Os dados são baseados em uma modelagem de previsão que inclui variáveis específicas para cada um dos 47 países pesquisados, informou um comunicado da OMS.

    Tema:
    COVID-19 desafia mundo no início de junho (54)

    Mais:

    Presidente do Gana afirma que 1 só pessoa passou COVID-19 para 533 funcionários de fábrica
    Cientistas descobrem que COVID-19 pode infectar e se multiplicar em células do coração
    COVID-19 pode matar quase 200 mil pessoas na África, alerta OMS
    Tags:
    OMS, República Democrática do Congo, África, COVID-19, novo coronavírus, Ebola, doenças graves
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar