16:36 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5252
    Nos siga no

    O ministro da Defesa do Irã, brigadeiro-general Amir Hatami, afirmou que a República Islâmica irá reforçar a segurança nas águas estratégicas do golfo Pérsico, especialmente no estreito de Ormuz.

    Durante a cerimônia de comissionamento de novas lanchas rápidas de ataque no sul do país, o ministro disse: "Hoje, com a entrega das lanchas de ataque de fabrico nacional para a frota naval do IRGC [Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica], o cinto de segurança no golfo Pérsico, especialmente no estreito de Ormuz, ficará mais apertado".

    A Marinha iraniana recebeu nesta quinta-feira (28) 112 lanchas lança-mísseis de alta velocidade e de última geração.

    O ministro acrescentou ainda que "mais de 80% dos equipamentos, incluindo telecomunicações, radares e sistemas de controle e monitorização, entregues ao IRGC são de fabrico doméstico, e todos os seus sistemas de armas foram supervisionados pelo Ministério da Defesa."

    Amir Hatami declarou que o seu país vai aumentar ainda mais a "presença em águas livres" através da fabricação de diferentes navios de superfície e submarinos, escreve agência de notícias Mehr.

    O militar assegurou ainda que as capacidades de defesa do país em terra, no ar, bem como nas áreas de eletrônica e aeroespacial, "irão registrar um salto considerável" este ano.

    Anteriormente, o presidente dos EUA, Donald Trump, deu permissão à Marinha norte-americana de atacar e afundar pequenas embarcações militares iranianas se estas começarem a hostilizar navios militares estadunidenses.

    A Marinha dos EUA reclamou em várias ocasiões contra a atuação de lanchas iranianas, afirmando que estas se aproximam perigosamente de seus petroleiros e destróieres que patrulham a região do golfo Pérsico.

    Mais:

    Irã pode revelar novo caça 'em um futuro próximo' em meio às sanções dos EUA
    EUA realizam exercícios com fogo real no golfo Pérsico em meio à tensão com Irã
    EUA introduzem sanções contra dirigentes do programa nuclear do Irã
    Tags:
    EUA, Donald Trump, Estreito de Hormuz, Golfo Pérsico, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Amir Hatami, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar