11:59 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1210
    Nos siga no

    O movimento rebelde houthi no Iêmen confirmou hoje (7) a morte de Mohamed Abdel Karim al-Hamran, um comandante das forças especiais, durante batalha a oeste da cidade disputada de Marib.

    Karim al-Hamran, que comandava as forças especiais houthis nas zonas de batalha das províncias centrais iemenitas, foi o líder rebelde de mais alto escalão morto em 2020 no país. De acordo com a agência de notícias síria Al-Masdar, ele teria sido eliminado há alguns dias na cidade de Sirwah, a cerca de 40 km de Marib. 

    ​Ele é o oficial houthi mais importante morto nos últimos anos... Morte do comandante das forças especiais houthis Mohamed Abdel Karim al-Hamran, em confrontos a oeste de Marib.

    Segundo a Associated Press, a morte do comandante ocorreu em meio a um ataque maciço realizado por aeronaves sauditas e suas forças terrestres aliadas ao longo de uma vasta região, bombardeios à capital Sanaa. Dezenas de combatentes teriam sido mortos ou ficado feridos em decorrência desses conflitos.

    Os houthis lançaram uma grande ofensiva com o objetivo de capturar Marib há um mês, no momento em que os sauditas se preparavam para oferecer um cessar-fogo alegando questões humanitárias, devido à disseminação do novo coronavírus. Marib tem permanecido fiel ao presidente iemenita deposto Abd Rabbuh Mansur Hadi e seus aliados sauditas desde que o então chefe de Estado fugiu para a Arábia Saudita, em 2015, em meio ao avanço das forças houthis sobre importantes territórios do Iêmen.

    Mais:

    Divulgado VÍDEO de suposto abate de caça saudita pelos houthis no Iêmen
    Irã tem novos mísseis capazes de abater aeronaves dos EUA no Iêmen, diz Pentágono
    Defesa aérea saudita intercepta mísseis balísticos lançados do Iêmen (VÍDEO)
    Tags:
    morte, comandante, Marib, Arábia Saudita, Houthi, houthis, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar