20:44 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1171
    Nos siga no

    O presidente iraniano afirmou que Teerã dará uma "resposta esmagadora" se o embargo ao armamento contra o Irã for prorrogado.

    Nesta quarta-feira (6), o presidente iraniano, Hassan Rouhani, declarou que seu homólogo norte-americano Donald Trump tinha cometido um "erro estúpido" ao sair do acordo nuclear iraniano de 2015.

    "Trump cometeu um erro estúpido ao sair do acordo nuclear […]. Se os EUA quiserem voltar ao acordo, deverão cancelar todas as sanções a Teerã e compensar a reimposição de sanções […]. O Irã dará uma resposta esmagadora se o embargo de armas a Teerã for prorrogado", declarou Rouhani, citado pela Reuters.

    Previamente, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Abbas Mousavi, afirmou que o Irã se oporá a quaisquer esforços do Conselho de Segurança da ONU para prorrogar um embargo de armas ao país.

    O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, prometeu anteriormente que Washington fará tudo o que estiver ao seu alcance para prorrogar as medidas punitivas impostas a Teerã.

    Presidente do Irã, Hassan Rouhani, visita as instalações nucleares de Bushehr (foto de arquivo)
    © AP Photo / Mohammad Berno
    Presidente do Irã, Hassan Rouhani, visita as instalações nucleares de Bushehr (foto de arquivo)

    Os EUA têm aplicado uma política de pressão máxima sobre o Irã desde 2018, quando Washington se retirou do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), que foi um acordo nuclear alcançado em 2015 entre Irã, Rússia, China, França, Alemanha, Reino Unido, EUA e a União Europeia.

    O acordo exigia que Teerã reduzisse seu programa nuclear e diminuísse drasticamente as suas reservas de urânio em troca de um alívio das sanções, incluindo o cancelamento do embargo de armas cinco anos após a adoção do acordo.

    Em 2018, os Estados Unidos abandonaram a sua política conciliatória em relação ao Irã, retirando-se do JCPOA e atingindo as indústrias petrolíferas iranianas com sanções.

    Mais:

    Irã promete resposta 'apropriada' contra esforços dos EUA por embargo de armas na ONU
    Administração Trump 'devolveria' EUA a acordo nuclear para colocar pressão sobre Irã
    Irã: acordo nuclear 'morrerá para sempre' se EUA quiserem estender embargo de armas
    Tags:
    JCPOA, embargo de armas, acordo nuclear, Hassan Rouhani, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar