10:24 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)
    370
    Nos siga no

    O governo da Palestina solicitou à Rússia o envio de 100 respiradores artificiais, de equipamento de proteção individual (EPI) e de 20 mil testes para detectar o coronavírus.

    A informação foi confirmada à Sputnik pelo embaixador do país árabe em Moscou, Abdel Hafiz Nofal.

    "O primeiro-ministro da Palestina [Mohammad Shtayyeh] enviou uma carta a seu colega russo Mikhail Mishustin solicitando apoio na luta contra o coronavírus. Solicitamos 20 mil testes, 100 respiradores e 5 mil EPIs", disse o embaixador.

    O chefe da missão diplomática palestina acrescentou que a rota de transporte da carga humanitária está atualmente sendo analisado.

    "A ajuda deve ser transportada por Israel ou pela Jordânia. Essa questão está sendo resolvida e agora estamos aguardando informações sobre a rota e a data do embarque", afirmou.

    Nofal também adiantou que a Sociedade Ortodoxa Imperial Palestina, uma organização humanitária que auxilia os peregrinos cristãos ortodoxos, está preparando uma remessa humanitária de medicamentos.

    A Palestina já registrou mais de 500 infecções pela COVID-19.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)

    Mais:

    Palestinos e Israel unidos contra coronavírus poderiam afetar 'Acordo do Século?'
    Cooperação contra COVID-19 pode trazer paz para Israel e Palestina, diz oficial da ONU
    Tags:
    ajuda humanitária, Palestina, Rússia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar