16:02 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)
    12101
    Nos siga no

    As Forças Armadas dos EUA declararam emergência de saúde pública em sua única base permanente na África, localizada em Djibuti.

    A medida foi tomada após o país do Chifre da África registrar cerca de mil casos confirmados de COVID-19, informa a agência de notícias Associated Press. 

    Um comunicado das autoridades dos EUA afirma que a medida é preventiva e afeta todo o pessoal, inclusive militares terceirizados, tanto em Camp Lemonnier como no Aeroporto Chabelley.

    Emergência significa que qualquer instalação pode ser reaproveitada para o combate ao coronavírus e os trabalhadores da saúde podem ter reforço de voluntários. Mais de 4 mil funcionários dos EUA estão em Djibuti.

    Além das tropas de Washington, militares da China, França e Japão também estão presentes no país de cerca de mil habitantes. 

    Tema:
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)

    Mais:

    China realiza primeiras manobras na sua base em Djibuti (VÍDEO)
    Analista russo: na base em Djibuti China levou em conta experiência do Iraque e Síria
    Jato do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA cai no Djibuti
    Pilotos americanos são alarmados devido a raios laser perto da base chinesa em Djibuti
    China inaugura sua primeira base militar no exterior em Djibuti
    Tags:
    eua, África, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar