21:20 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11533
    Nos siga no

    Anteriormente, o Irã tinha lançado sem sucesso o satélite Zafar, que o ministro da Defesa negou fazer parte do programa de mísseis da República Islâmica, segundo foi alegado pelos EUA.

    O Irã enviou com sucesso para a órbita seu primeiro satélite militar, informou na quarta-feira (22) a agência de notícias Tasnim.

    Chamado Noor (Luz), o satélite foi colocado em órbita localizada 425 quilômetros acima da superfície da Terra através de um foguete portador em dois estágios chamado Qassed (Enviado).

    "O lançamento do satélite e o portador de satélites [...] não estão relacionados com [o programa de] mísseis", apontou Amir Hatami, o ministro da Defesa iraniano.

    O lançamento, que foi conduzido pelo Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês), ocorre depois que o alto responsável rejeitou as alegações emitidas pelos EUA de que os portadores de satélite poderiam ser transformados em mísseis militares e que o lançamento fracassado de um satélite Zafar (Vitória em persa) em 9 de fevereiro seria parte do programa de mísseis do Irã.

    Hatami prometeu que, apesar da oposição de alguns países, o Irã continuará a desenvolver seu programa de satélites. Segundo o ministro, embora o portador não tenha nenhuma aplicação militar, o satélite que entrará em órbita poderá ser utilizado para fins defensivos pela República Islâmica.

    Amir Hatami também ressaltou que, embora o Irã já tenha desenvolvido inúmeros mísseis, nenhum deles foi projetado para transportar ogivas nucleares, mesmo que Teerã tivesse alguma. Ele reafirmou que a República Islâmica não está buscando desenvolver armas nucleares ou meios para lançá-las.

    "O veículo de lançamento enviou com sucesso o satélite Zafar ao espaço, mas o foguete não conseguiu ganhar a velocidade necessária para colocá-lo em órbita. O trabalho de otimização necessário será realizado para o próximo lançamento", declarou na ocasião o porta-voz do Ministério da Defesa iraniano, Ahmad Hosseini.

    Mohammad Jawad Azari Jahromi, ministro iraniano de Tecnologia da Informação e Comunicações, que supervisiona o desenvolvimento do satélite, admitiu que o lançamento havia falhado, mas continuou otimista na época.

    Hoje o lançamento do satélite "Zafar" falhou. Aconteceu o fracasso tal como em muitos projetos científicos. FALCON 9, Juno II, ATLAS, PROTON M, ANTARES são apenas algumas amostras de falhas de lançamentos dos EUA. Mas Somos IMPARÁVEIS! Temos mais Satélites Iranianos Chegando!

    O lançamento foi precedido por duas outras tentativas malsucedidas de colocar na órbita da Terra o satélite Zafar, projetado para reunir do espaço dados sobre terremotos e outros desastres naturais.

    Tags:
    EUA, Tasnim, Amir Hatami, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar