00:57 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7571
    Nos siga no

    Um avião de reconhecimento dos EUA se aproximou de instalação militar russa na Síria depois de ter sido escoltado por um caça da Força Aérea russa, segundo o Ministério da Defesa da Rússia.

    "No dia 19 de abril de 2020, em torno das 15h no horário de Moscou [9h no horário de Brasília], um alvo aéreo foi detectado pelo controle do espaço aéreo russo sobre as águas neutras do mar Mediterrâneo, voando em direção a instalações militares russas na República Árabe da Síria", comunicou.

    Um caça da Força Aérea russa decolou para identificar o alvo que seguia em direção à base aérea de Hmeymim.

    "Ao alcançar o alvo, o piloto do caça russo identificou o prefixo, sendo de um avião da Marinha dos EUA e, então, iniciou a escolta", ressaltou.

    Com a aproximação do caça russo, a aeronave norte-americana alterou seu rumo, permitindo que o caça russo retornasse ao campo de pouso.

    De acordo com militares russos, todos os voos da Força Aeroespacial russa ocorrem em estrita conformidade com os regulamentos internacionais da utilização do espaço aéreo sobre águas neutras.

    O incidente, que teria ocorrido no domingo (19), ocorreu depois que um caça foi deslocado da base aérea de Hmeymim para escoltar um alvo aéreo que estava seguindo em direção às posições russas na Síria. A aeronave não identificada era um avião da Marinha dos EUA, afirmou o Ministério da Defesa russo.

    Até o momento, o Pentágono não comentou o incidente.

    As aeronaves norte-americanas e da OTAN sobrevoam as defesas aéreas russas localizadas nas proximidades da base aérea na Síria frequentemente, bem como nos mares Báltico e Negro.

    A Rússia estabeleceu sua base em Hmeymim em setembro de 2015, em apoio às operações militares em conjunto com o governo sírio no combate a grupos terroristas.

    A defesa aérea da base foi reforçada e equipada com mísseis ar-ar e defesa terrestre, contando com sistema de defesa antiaérea S-400.

    Mais:

    Coreia do Norte exibe poderio de combate de seus aviões MiG-29 e Su-25 (FOTOS)
    Emboscada mata militar dos EUA na Síria
    Se aproveitando do coronavírus na guerra síria
    Tags:
    EUA, avião espião, Síria, avião de assalto, avião de ataque, avião de combate, base aérea
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar