04:54 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9815
    Nos siga no

    O Pentágono enviou sistemas Patriot e outros para defender suas tropas no Iraque meses após ataque de mísseis balísticos do Irã atingir bases usadas pelos americanos no país árabe.

    Bases militares usadas pelos EUA e forças aliadas que anteriormente foram atacadas pelo Irã e milícias apoiadas por Teerã no Iraque estão sendo protegidas por sistemas Patriot e outros dois sistemas de curto alcance.

    Trata-se das bases Ain Al-Asad, Arbil e Camp Taji, segundo teriam contado oficiais americanos ao portal Military.com.

    A transferência dos armamentos foi feita de maneira gradual durante os últimos meses.

    A decisão veio após o ataque promovido pelo Irã ainda em janeiro como resposta ao assassinado do major-general Qassem Soleimani.

    Na ocasião, Teerã disparou diversos mísseis balísticos contra as bases no Iraque. A princípio, o governo americano negou que o ataque resultou em feridos.

    Mais tarde foram relatados casos de dezenas de soldados norte-americanos sofrendo de traumatismo cranioencefálico.

    Segundo a mídia, antes dos ataques serem realizados, os militares americanos acreditavam não ser necessária a presença de sistemas de defesa antiaérea no Iraque.

    Possibilidade de novos ataques

    Os armamentos já estão operacionais, enquanto a inteligência militar dos EUA acredita que o Irã esteja planejando um novo grande ataque.

    Enquanto isso, são frequentes lançamentos de foguetes por parte de aliados do Irã contra alvos americanos no Iraque.

    Mais:

    Defesa antiaérea síria repele ataque de mísseis israelenses contra Homs, informa SANA (VÍDEOS)
    Irã investiga possibilidade da COVID-19 ter sido usada como arma biológica
    Irã diz ter criado avançada rede de sensores de mapeamento e comunicação para submarinos
    Tags:
    Qassem Soleimani, Irã, sistema de defesa antiaérea, patriot, EUA no Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar