09:49 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    966
    Nos siga no

    Presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta quarta-feira (1º) que o Irã estaria planejando um "ataque furtivo" contra tropas ou "ativos" americanos no Iraque, advertindo que, se isso acontecer, Teerã pagará um "preço elevado".

    O presidente estadunidense fez ontem este anúncio na sua conta de Twitter, em meio à prolongada tensão entre os dois países.

    ​Com base em informações e convicções, o Irã e forças pró-iranianas estão planejando um ataque furtivo contra tropas e/ou ativos dos EUA no Iraque. Se isso acontecer, o Irã pagará um preço muito elevado!

    Fontes anônimas informaram que os EUA acreditam que forças pró-iranianas estariam planejando um ataque furtivo e que o tweet de Trump foi um aviso à liderança da República Islâmica para que diga aos seus apoiadores que recuem ou enfrentarão as consequências, revela Fox News.

    Por sua vez, o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, respondeu ao presidente americano dizendo que o país não tem apoiadores mas sim amigos.

    Donald Trump, não seja enganado OUTRA VEZ pelos habituais belicistas. O Irã tem AMIGOS: ninguém pode ter MILHÕES de "forças pró-iranianas". Ao invés dos EUA, que secretamente mentem, enganam e assassinam, o Irã apenas age abertamente em autodefesa. O Irã não começa guerras, mas ensina àqueles que as começam.

    Anteriormente o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Abbas Mousavi afirmou que Teerã considera o "belicismo" militar dos EUA no Iraque perigoso e que este poderia potencialmente criar "condições catastróficas", destabilizando a região.

    Mais:

    Irã pode auxiliar EUA na luta contra coronavírus, mas não precisa de sua ajuda, diz general
    Mesmo com amplas perdas pelo coronavírus, Irã é alvo de novas sanções dos EUA
    'Não é momento para guerra política', diz líder do Irã sobre sanções dos EUA em meio à COVID-19
    Tags:
    Irã, Iraque, tropas, EUA, Irã, Mohammad Javad Zarif, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar