14:24 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4160
    Nos siga no

    A Turquia não registrou violações do cessar-fogo na zona de desescalada de Idlib depois de um novo acordo ter entrado em vigor, disse neste sábado (7) o ministro da Defesa turco, Hulusi Akar.

    "Desde que o acordo de cessar-fogo em Idlib entrou em vigor, não houve casos de violação do mesmo até agora. Estamos acompanhando de perto a situação e em caso de ataques aos nossos postos de observação responderemos imediatamente", disse Akar, citado pela agência noticiosa turca Anadolu.

    O ministro turco acrescentou que a delegação russa visitará Ancara na próxima semana para discutir patrulhas conjuntas na zona de desescalada de Idlib.

    "No âmbito do acordo alcançado em Moscou, começando a partir de 15 de março, vamos iniciar patrulhas conjuntas em Idlib. Começamos a discutir as condições para a criação de um corredor de segurança ao longo da rodovia M4. Para isso, a delegação russa virá a Ancara na próxima semana", comentou Akar à emissora turca NTV.

    Plano de desescalada de tensões na Síria

    O presidente russo, Vladimir Putin, e seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, negociaram na quinta-feira (5) um cessar-fogo na província síria de Idlib, após uma reunião de seis horas em Moscou.

    As partes também concordaram em criar um corredor de segurança de seis quilômetros ao norte e ao sul da rodovia M4 na Síria, que liga as províncias de Latakia e Aleppo.

    Em setembro de 2018, Putin e Erdogan realizaram conversações em Sochi dedicadas especificamente à zona de desescalada de Idlib. Eles concordaram em criar uma zona tampão desmilitarizada na província, o que significa que todo o armamento pesado operado por grupos rebeldes seria retirado e os militantes radicais deixariam a zona.

    Mais:

    Acordo entre Rússia e Turquia para Idlib protegerá população e militares turcos, diz Erdogan
    Turquia afirma ter matado mais de 20 militares sírios em Idlib
    Putin diz que chegou a acordo com Erdogan sobre cessar-fogo em Idlib, na Síria
    Tags:
    cessar-fogo, Hulusi Akar, Idlib, Rússia, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar