22:08 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    560
    Nos siga no

    O Líbano nunca apoiará o plano de paz dos Estados Unidos para o conflito Israel-Palestina, disse à Sputnik, nesta segunda-feira (17), Amal Abu Zayed, assessor do presidente libanês.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, divulgou o chamado "Acordo do Século" no mês passado. O documento visa reconciliar os dois lados, reconhecendo a soberania de Israel sobre assentamentos em territórios ocupados em troca de uma perspectiva de Estado da Palestina. Os palestinos rejeitaram categoricamente a proposta.

    "O Acordo do Século é totalmente contrário ao interesse libanês, porque não podemos permitir que 400 mil palestinos fiquem no Líbano. Isso prejudicará diretamente a sociedade do país, étnica e religiosamente", disse Zeid à Sputnik Árabe durante a Conferência do Oriente Médio no Clube de Valdai.

    Zeid afirmou ainda que os palestinos têm o direito de "voltar para casa" e ter seu próprio Estado, e o Líbano acredita que, como uma parte neutra na questão, assim como a Rússia, está bem posicionado para mediar o diálogo entre Israel e Palestina para esse fim.

    Na semana passada, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia pediu uma reunião urgente do Quarteto do Oriente Médio e de enviados especiais da Organização das Nações Unidas (ONU), União Europeia, Rússia e EUA para tentar encontrar uma solução justa e duradoura para o conflito israelense-palestino.

    O Clube Valdai de Discussões Internacionais, que foi criado em 2017, entre 17 e 18 de fevereiro organiza um debate subordinado ao tema "O Médio Oriente em uma era de mudança: em direção a uma nova estabilidade".

    Esta é a 9ª sessão do Clube que está sendo realizada em parceria com o Instituto de Estudos Orientais da Academia de Ciências da Rússia.

    Mais:

    'Acordo do Século': Trump crê que Netanyahu pode implementar plano de paz em 6 semanas
    Após reunião de emergência, Liga Árabe rejeita 'plano de paz' de Donald Trump
    Organização da Cooperação Islâmica rejeita o plano de paz de Trump para o Oriente Médio
    Tags:
    Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar