22:08 09 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11729
    Nos siga no

    A Turquia enviou um comboio de 150 veículos com carros de combate, blindados, canhões autopropulsados e munições ao noroeste da Síria.

    Os equipamentos devem reforçar os postos de observação que a Turquia mantém na zona de desescalada de Idlib, segundo a agência de notícias Anadolu.

    A tensão na zona de desescalada de Idlib, criada em 2018 por um acordo entre Moscou e Ancara, aumentou no início de fevereiro devido a uma troca de ataques entre militares turcos e sírios.

    A Turquia informou que ao menos 15 militares morreram em decorrência dos ataques do Exército sírio, estimando em mais de uma centena as baixas do lado oposto. Contudo, Damasco não confirmou o número de perdas entre seus militares.

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, deu um ultimato a Damasco para cessar as operações em Idlib e retirar suas tropas dos postos de observação turcos até o final deste mês, ameaçando com uma resposta militar.

    A Síria rechaça a presença turca, considerada por ela como uma "agressão" contra a soberania do país.

    Mais:

    Defesa antiaérea síria intercepta ataque contra Damasco (VÍDEO)
    Coalizão liderada pelos EUA admite ter matado pelo menos 1.370 civis na Síria e Iraque
    Irã ameaça dar 'resposta esmagadora' a qualquer ação de Israel contra seus interesses na Síria
    Tags:
    blindados, comboio, militares, Síria, zona de desescalada, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar