07:25 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13630
    Nos siga no

    Soldados norte-americanos começaram a sair de 15 bases militares iraquianas, bem como do país, segundo parlamentar da Comissão de Defesa e Segurança do Iraque, Ali al-Qameni.

    O parlamentar salientou que Washington segue tentando ganhar força nas bases de Ain Al-Asad e Arbil, mas conta com oposição do Parlamento iraquiano.

    Anteriormente, os parlamentares iraquianos votaram a favor de uma moção não vinculativa para retirar todos os militares estrangeiros do país, incluindo o contingente norte-americano, segundo a Sky News.

    A ação foi tomada depois do assassinato do comandante iraniano, Qassem Soleimani, durante ataque aéreo perpetrado pelos EUA.

    Por sua vez, Washington afirmou que não pretendia retirar suas tropas da região, contudo, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, declarou que os dois países estavam discutindo uma redução das tropas norte-americanas no Iraque.

    França, Alemanha e Austrália também apresentaram um pedido ao comando conjunto de operações especiais para estabelecer um cronograma de retirada de suas tropas do país, segundo emissora local.

    Mais:

    Protestos no Iraque somam 600 mortos, diz presidente iraquiano em Davos
    Iraque procura adquirir equipamento de defesa antiaérea de Rússia, China e Ucrânia
    Ao menos 3 projéteis atingem proximidades da Embaixada dos EUA no Iraque (VÍDEO)
    Tags:
    EUA, Iraque, bases militares, soldados, militares
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar