03:11 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7313
    Nos siga no

    O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse que o Irã deve se tornar forte o suficiente para enfrentar os complôs inimigos, comunicou a mídia estatal iraniana neste sábado (8).

    "Devemos nos tornar tão fortes para podermos pôr um fim aos complôs de nossos inimigos [...] seus complôs contra a nação iraniana estão condenados ao fracasso", disse Khamenei em uma reunião com os comandantes e pessoal da Força Aérea iraniana.

    O líder iraniano também acrescentou que as sanções dos EUA contra o Irã são um ato criminoso, enfatizando que Teerã tem uma Força Aérea muito forte, apesar das limitações impostas por Washington.

    "Desde a revolução, o seu objetivo era impedir-nos de ter uma Força Aérea forte [...] mas olhem para nós agora. Nós até construímos aviões. Transformamos a pressão deles em oportunidade", destacou Khamenei, conforme citado pela agência estatal de notícias IRNA.

    Na primeira semana de janeiro houve um aumento drástico das tensões entre os Estados Unidos e o Irã, quando o presidente americano Donald Trump ordenou o assassinato do general iraniano Qassem Soleimani.

    Líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei
    Líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei

    Como resposta, o Irã lançou 16 mísseis às bases aéreas americanas de Arbil e Ain Al-Asad no Iraque no dia 8 de janeiro.

    Mais:

    Aiatolá Khamenei diz que ataques com mísseis são 'tapa na cara dos EUA'
    'Faça o Irã grande novamente!': Trump alerta Khamenei para ter cuidado com o que fala
    Retaliação iraniana será contra alvos militares dos EUA, diz assessor de Khamenei
    Tags:
    EUA, Aiatolá Ali Khamenei, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar