01:53 24 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4121
    Nos siga no

    O presidente Xi Jinping disse ao seu colega norte-americano, Donald Trump, que a China adotou medidas agressivas para combater o coronavírus.

    De acordo com o líder chinês, o país asiático vem adotando esforços mais abrangentes e rigorosos para conter o surto viral que atingiu a China.

    Em conversa telefônica com o presidente norte-americano, Xi Jinping disse que a China estava "totalmente confiante e capaz" de superar a epidemia e já estava vendo resultados positivos, acrescentando que as perspectivas econômicas de longo prazo de Pequim não mudariam.

    Voluntários desinfectam estação ferroviária em meio a surto do novo coronavírus, em Changsha, província de Hunan, China, 4 de fevereiro de 2020
    © REUTERS / Stringer
    Voluntários desinfectam estação ferroviária em meio a surto do novo coronavírus, em Changsha, província de Hunan, China, 4 de fevereiro de 2020

    Donald Trump, por sua vez, citado pela agência Reuters, respondeu expressando confiança na "força e resistência" de Pequim no confronto com o coronavírus.

    A nova cepa de coronavírus foi detectada pela primeira vez no fim de dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan. Desde então, se espalhou pela China e por mais de 20 outros países, matando mais de 600 pessoas e deixando mais de 30 mil infectados.

    Mais:

    Infectados por novo coronavírus já passam de 31.400 em todo o mundo
    Pangolim é apontado como possível hospedeiro intermediário do coronavírus
    Argentino em cruzeiro japonês é 1º sul-americano com coronavírus
    Tags:
    Donald Trump, EUA, Xi Jinping, China, coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar