23:38 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    16456
    Nos siga no

    Avião de passageiros fez pouso de emergência na base aérea russa de Hmeymim, quando Síria repelia ataque aéreo de Israel a Damasco.

    Um Airbus-320 com 172 passageiros a bordo tentou pousar no aeroporto de Damasco durante os ataques aéreos de caças F-16 israelenses com oito mísseis ar-terra, segundo informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    Na madrugada de quinta-feira (6) na capital síria, várias explosões foram ouvidas na região oeste da zona rural da cidade. A defesa antiaérea síria tentou repelir ataques, pondo o avião comercial em perigo de ser derrubado.

    Segundo o representante oficial da Defesa russa, general Igor Konashenkov, a saída da zona de ataque e a aterrissagem segura do avião foram possíveis graças às ações operacionais de controladores da capital e funcionamento efetivo dos sistemas de controle do tráfego aéreo.

    O general também sublinhou que em todo o mundo o tráfego dos aviões de passageiros é realizado em níveis de altitude conhecidos e que os sistemas de radar de Israel veem-nos nitidamente. Ele também adicionou que os sistemas israelenses veem perfeitamente a situação aérea na zona do aeroporto de Damasco.

    "Deste modo, a realização das operações de combate no ar pelo Estado-Maior israelense, utilizando aeronaves civis para bloquear ou se defender das ações de resposta dos sistemas de defesa antiaérea da Síria, já se tornou uma prática comum para a Força Aérea israelense", concluiu o general.

    Pouco depois do incidente, o comando militar sírio já suspeitava da responsabilidade de Israel pelos lançamentos, que também visaram outras cidades e deixaram oito soldados feridos, além de danos materiais.

    ​Esse é o segundo ataque de Israel contra o território sírio em menos de um mês. Em meados de janeiro, aviões israelenses realizaram bombardeios contra a base aérea de T-4, na província síria de Homs, provocando apenas alguns danos.

    Mais:

    Israel decide aumentar presença militar na Cisjordânia
    Síria acusa Turquia e Israel de apoiar terroristas
    Turquia segue enviando equipamento militar para Idlib, na Síria
    Tags:
    Airbus, base, Hmeymim, F-16, mísseis, bombardeio, ataque, ataques, Damasco, Síria, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar