09:58 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7792
    Nos siga no

    Militares russos destruíram nesta segunda-feira um drone que se aproximou da base aérea de Hmeimym, na Síria, a partir do mar Mediterrâneo, de acordo com um comunicado do Ministério da Defesa.

    A base da Rússia no nordeste da Síria está operando como de costume após o ataque, com o Ministério da Defesa dizendo que não foi determinado a quem pertencia o drone derrubado.

    "Mísseis disparados do sistema de defesa aérea Pantsir-S destruíram o alvo em uma aproximação distante da base", afirmou o comunicado.

    A notícia chega em meio a confrontos na província síria de Idlib, que é a última grande fortaleza de jihadistas no país. O Exército sírio informou numerosas violações de cessar-fogo cometidas por militantes nos últimos meses, levando as forças do governo a lançar uma ofensiva.

    No entanto, a Turquia, que trabalhou com Moscou no estabelecimento de uma zona desmilitarizada na região, acusou as forças do governo sírio de violarem o acordo Rússia-Turquia, com o presidente Recep Erdogan alertando que ele "tomaria todas as medidas necessárias, até usar a força militar", a menos que a situação no Idlib melhore.

    As forças russas repeliram numerosos ataques de drones e artilharia em 2019, destruindo pelo menos 53 aparelhos e 27 projéteis de múltiplos foguetes lançados na base aérea.

    Mais:

    General dos EUA diz que 'tropas americanas ficarão na Síria por um tempo'
    Defesa russa classifica como hipócrita 'preocupação' de Pompeo com 'população civil' síria
    Pelo menos 200 veículos militares turcos atravessam fronteira com Síria, segundo mídia
    Tags:
    jihadistas, Idlib, segurança, defesa, Mar Mediterrâneo, Ministério da Defesa da Rússia, Khmeimim, drone, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar