21:52 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10612
    Nos siga no

    Os drones derrubados neste domingo (2) perto da base aérea russa de Hmeymim, na Síria, foram lançados da zona de redução de conflito de Idlib, disse o general Yuri Borenkov, comandante do Centro Russo de Reconciliação Síria.

    "Em 1º de fevereiro, por volta das 23 horas, horário de Moscou [17h no horário de Brasília], o controle do espaço aéreo russo em Hmeymim descobriu veículos aéreos não tripulados [UAVs] lançados de uma área da zona de diminuição de conflitos de Idlib sob o controle de unidades armadas ilegais. Dispositivos de guerra eletrônicos da base aérea interceptaram e desativaram todos os UAVs, interrompendo seus sistemas de controle", disse um comunicado oficial.

    Nenhuma vítima ou dano material foi registrado no local após o ataque, e a base segue operando normalmente.

    Em janeiro deste ano, o exército sírio iniciou uma ofensiva na região oeste de Aleppo contra ataques diários de militantes às áreas residenciais da cidade.

    A Síria está em estado de guerra civil há mais de seis anos, com as forças do governo lutando contra grupos de oposição sírios e organizações terroristas. Várias organizações internacionais, além de países, fornecem ajuda para os residentes das áreas afetadas pela guerra.

    Moscou iniciou sua operação de contraterrorismo na Síria em 30 de setembro de 2015, a pedido de Damasco. A Rússia também é fiadora do cessar-fogo sírio, juntamente com a Turquia e o Irã.

    Mais:

    Defesa russa classifica como hipócrita 'preocupação' de Pompeo com 'população civil' síria
    Turquia não hesitará em usar força militar se Síria não cessar ataques em Idlib, diz Erdogan
    Pelo menos 200 veículos militares turcos atravessam fronteira com Síria, segundo mídia
    Tags:
    Idlib, Síria, Centro de Reconciliação Síria do Ministério da Defesa da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar