18:07 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    18435
    Nos siga no

    Porta-voz da presidência da Rússia, Dmitry Peskov, criticou a nova iniciativa de paz proposta por Trump, dizendo que a mesma contraria várias resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

    "Há um conjunto de resoluções do Conselho de Segurança da ONU e está bem claro que algumas cláusulas do plano [de Trump] não correspondem a elas", afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em entrevista ao canal de TV Rossiya 1.

    Por sua vez, ontem (1°), o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, demonstrou sua total discordância em relação ao plano, tendo anunciado o rompimento de todas as relações com os EUA e Israel.

    A Liga Árabe e o Irã também rejeitaram a iniciativa do governo americano.

    Plano de Trump

    No último dia 28, o presidente norte-americano Donald Trump apresentou em Washington o chamado "Acordo do Século", destinado a solucionar o conflito israelense-palestino.

    O plano prevê o reconhecimento mútuo dos Estados de Israel e da Palestina, ao passo que 90% dos assentamentos israelenses em terras palestinas se tornariam parte do território de Israel.

    Plano de Trump para resolver disputas Israel-Palestina
    © Sputnik /
    Plano de Trump para resolver disputas Israel-Palestina

    Mais:

    Israel ataca instalações do Hamas em resposta a bombardeamentos de Gaza
    Explosões são ouvidas em Israel e sirenes são acionadas (VÍDEOS)
    Moscou pretende trabalhar com Israel e Palestina sobre acordo de Trump
    Tags:
    israel, Palestina, plano, governo russo, Kremlin, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar