16:56 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13343
    Nos siga no

    A Liga Árabe rejeitou o plano de paz para o Oriente Médio proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

    A decisão foi tomada durante uma reunião neste sábado (1º) entre os ministros de Relações Exteriores dos países membros da organização. O encontro de emergência foi realizado no Cairo, Egito, poucos dias após o plano ser anunciado pelo presidente norte-americano e apoiado pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

    O comunicado da Liga Árabe afirma que o grupo não irá cooperar com os EUA na execução do plano e que Israel não deve implementar as medidas da iniciativa através da força.

    A reunião foi um pedido do presidente palestino Mahmoud Abbas, que pediu à Liga Árabe que a organização se posicionasse contra o plano de Trump.

    Apelidado de "Acordo do Século", o plano de paz foi apresentado na terça-feira (28), na Casa Branca como resultado de negociações entre os EUA e Israel. A Palestina não participou das negociações, rejeitando prontamente o plano após a divulgação.

    Entre as propostas do plano de paz estão o reconhecimento de Jerusalém como capital israelense, além da anexação por parte de Israel de áreas na Faixa de Gaza e também do Vale do Jordão.

    Mais:

    Palestinos jogarão plano de paz dos EUA na 'lata de lixo da História', diz Mahmoud Abbas
    Abbas: Autoridade Palestina rompe todas as relações com EUA e Israel
    'Acordo do século': Trump revela detalhes de plano de paz para Israel-Palestina
    O que é o plano de Trump para Israel e Palestina e o que o Brasil achou disso?
    Plano de Trump para resolver disputa Israel-Palestina
    Tags:
    Mahmoud Abbas, Israel, Oriente Médio, Benjamin Netanyahu, Palestina, Estados Unidos, Donald Trump, Liga Árabe
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar